Skip to Main Content
It looks like you're using Internet Explorer 11 or older. This website works best with modern browsers such as the latest versions of Chrome, Firefox, Safari, and Edge. If you continue with this browser, you may see unexpected results.

PROCESSO DE PUBLICAÇÃO CIENTIFICA: Tipos de Peer Review

Blind Peer Review

O Blind Peer Review é o processo de revisão por pares mais tradicional.

Implica que algum dos intervenientes desconheça a identidade do outro.

É habitual que os publishers, que publicam diversas revistas e em diferentes áreas científicas, utilizem nas suas revistas mais do que um tipo de Peer Review, como neste exemplo da IOP Science.


Nos separadores seguintes são apresentados os modelos existentes de Blind Peer Review:

O que é?
  • Os revisores conhecem a identidade e afiliação dos autores, mas o contrário não acontece.
  • É o sistema de revisão mais utilizado em todas as áreas científicas.

 

Exemplo

Results in Materials - revista da Elsevier


Ligações úteis:

O que é?
  • Os revisores desconhecem a identidade dos autores e vice-versa.
  • Segundo um estudo do Research Information Network CIC (2015, 15), é o sistema no qual os autores demonstram ter mais confiança.
  • O desconhecimento da identidade do autor pode ajudar a limitar algum possível enviesamento na revisão (por exemplo, favorecer um autor de renome na área, ou prejudicar algum autor de quem não se goste).

 

Exemplo

Revistas da IOP Science


Ligações úteis:

Outros

O que é?

Cascading ou Portable Peer Review é um modelo que prevê a transferência e reutilização de relatórios de Peer Review entre revistas de um mesmo grupo editorial.

  • Se um artigo não for aceite após o Peer Review, o editor pode transferi-lo para uma revista mais adequada, pertencente ao mesmo grupo editorial.
  • Nesta transferência são incluídos o artigo e os relatórios já elaborados no âmbito do Peer Review, para serem considerados pelo editor da nova revista.

 

Exemplo

Open Peer Review

A par da Ciência Aberta, também o Peer Review evoluiu com o objetivo de promover o aumento da transparência durante e após o processo.

  • Entende-se que Open Peer Review é quando autores e revisores conhecem a identidade uns dos outros (não existe ainda uma definição universalmente aceite).
  • Este conceito é, no entanto, muito mais abrangente, e caracteriza-se por englobar pelo menos uma das seguintes características nos seus diferentes modelos:
Open identities Autores e revisores conhecem a identidade uns dos outros
Open reports Os relatórios do Peer Review são publicados junto com os artigos
Open participation A participação é aberta e alargarda à comunidade
Open interaction Incentivo à discussão direta entre revisores, e entre revisores e autores
Open pre-review manuscripts Os preprints são disponibilizados (através de reposítórios, por exemplo), ainda antes de ocorrer o Peer Review.
Open final-version commenting É possível rever ou comentar a versão final do artigo.
Open platforms A revisão é dissociada da publicação, pois é facilitada por uma entidade organizacional diferente da entidade da publicação

Adaptado de Schmidt e Gorogh (2017, 64)


Nos separadores seguintes são apresentados os modelos existentes de Open Peer Review:

O que é?
  • Neste modelo, a documentação elaborada no âmbito do Peer Review é tornada pública - Open reports.
  • Assim, o conteúdo do relatório do Peer Review (assinado ou anonimizado), é publicado juntamente com o artigo.
  • O relatório pode incluir também as respostas dos autores e editores.

Os relatórios podem ser disponibilizados:

  • A partir do website da revista, na página do artigo (ver Exemplo 1).

 

Exemplo 1

 

Artigo da revista The EMBO Journal da EMBOpress

(consultar política de Peer Review)


Exemplo 2

Artigo da revista Journal of Physics: Materials da IOPScience

O que é?
  • A avaliação e revisão de um artigo ocorre - ou continua - após a publicação.
  • O artigo passa primeiro por uma avaliação editorial e só se for aceite é que fica disponível para revisão.
  • Tipicamente, esta revisão é feita por:
    • Revisores convidados formalmente pelo editorial board da revista.
    • Revisores voluntários, após publicação do artigo não revisto - Open participation.
  • Isto é habitualmente feito através de uma página de comentários ou um fórum de discussão junto ao artigo publicado.

 

Exemplo

Artigo da revista Wind Energy Science da Copernicus Publications


Ligações úteis:

O que é?
  • O Peer Review colaborativo ocorre quando dois ou mais revisores trabalham em conjunto (e também com editores e autores) para submeter uma revisão única - Open identities.
  • Tipicamente este processo ocorre numa plataforma disponibilizada pela própria revista, na qual os intervenientes interagem - Open interaction.
  • As revistas que optam por este tipo de processo, publicam o nome dos revisores e editores responsáveis, junto ao artigo.

 

Exemplo

Artigo da revista Frontiers in Energy Research da Frontiers

(consultar política de Peer Review)


Ligações úteis:

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://biblioteca.fe.up.pt.