Skip to Main Content
It looks like you're using Internet Explorer 11 or older. This website works best with modern browsers such as the latest versions of Chrome, Firefox, Safari, and Edge. If you continue with this browser, you may see unexpected results.

PROCESSO DE PUBLICAÇÃO CIENTIFICA: Modelos de publicação

Sobre

PfauLibrary. 2014. "Open Access". Youtube, 2:21. https://youtu.be/B579LlMi0Q4.

A publicação científica assenta em diferentes modelos de negócio.

Ao publicar é importante conhecer os modelos existentes e as implicações de cada um: Acesso Aberto, Tradicional e Híbrido.

Modelos de publicação

 

O princípio subjacente à publicação em Acesso Aberto, é a eliminação de barreiras no acesso à informação científica, ou seja:

  • Os artigos publicados em Acesso Aberto são disponibilizados livremente e sem custos para os utilizadores.
  • Atualmente, existem mais de 15 mil revistas Pure Open Access - publicam apenas artigos em AA  undefined

 

A publicação nestas revistas pode exigir aos autores o pagamento de uma taxa, designada por APC - Author Payment Charge (sendo este modelo também designado como author-pays system).

  • No entanto, a maior parte das revistas em AA não cobra taxas de publicação, ainda que haja uma pressão para o seu aumento.
  • Pesquisando no DOAJé possível refinar a pesquisa para encontrar revistas sem APCs.

 

 

         
Pagamento de APCs
   
           
Submissão
Peer Review
Aceitação
Publicação
Acesso Aberto

Publicação em Acesso Aberto

(Adaptado de Paul Schultze-Motel, 2014, "Science is Open: An introduction to Open Access", https://os.helmholtz.de/fileadmin/user_upload/os.helmholtz.de/Workshops/helmholtz_oawebinar_2014.pdf.)

 

O modelo tradicional é o que se encontra mais habitualmente nas revistas científicas undefined

  • Assenta na venda ou subscrição de artigos e revistas, sobretudo em formato online (sendo também conhecido como subscriber-pays system).
  • O acesso aos artigos só é possível mediante subscrição; significa que o utilizador final tem que pagar para ter acesso à informação.
  • Tipicamente, estas subscrições são asseguradas pelas Bibliotecas das instituições de ensino superior, sob a forma de consórcio (como por exemplo, a B-on, em Portugal), ou a título individual.

 

         
Pagamento de subscrição
 
         
Submissão
Peer Review
Aceitação
Publicação
Subscritores

Publicação no Modelo Tradicional

(Adaptado de Paul Schultze-Motel, 2014, "Science is Open: An introduction to Open Access", https://os.helmholtz.de/fileadmin/user_upload/os.helmholtz.de/Workshops/helmholtz_oawebinar_2014.pdf.)

 

O modelo híbrido é a combinação dos dois modelos anteriores.

  • Tipicamente, este modelo é aplicado por revistas que já publicavam no modelo tradicional, mas que se adaptaram para disponibilizar ambos os modelos (habitualmente, designa-se por open access choice).

 

Fatores impulsionadores:

  • A obrigatoriedade de publicar em Acesso Aberto imposta pelas políticas das agências de financiamento.
  • A consequente necessidade de oferecer soluções a quem procura publicar neste modelo.
  • Expandir o modelo de negócio dos editores, para este mercado da publicação.

Isto impulsionou os grandes editores científicos a seguir este novo modelo, em que se mantém o Tradicional, mas existe uma opção de publicação em Acesso Aberto.

 

Transformative Journals

... à medida que o Acesso Aberto ganha terreno, surge um novo conceito que são os Transformative Journals:

  • São revistas do modelo tradicional ou híbrido, que assumiram o compromisso de transição para Pure OA (publicarem unicamente em Acesso Aberto).

 

Exemplos:

ElsevierTaylor & Francis ou a Springer.

 

Modelo de publicação da revista The International Journal of Advanced Manufacturing Technology da Springer

 

Acesso Aberto

Tradicional

Peer Review dos artigos

Taxas de publicação

Suportada pelo autor - APCs

Suportada pelo editor (publisher)

Direitos de autor

Mantidos pelo autor

(Creative Commons: CC-by)

Cedidos ao editor (publisher)

Arquivo

Online

Papel

Online

Acesso

Acesso Aberto:

- gratuito, sem restrições

Acesso pago pelo utilizador:

- subscrição ou compra

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://biblioteca.fe.up.pt.